Senadora Marta Suplicy propõe o encerramento da Família Tradicional

É essa a Proposta de Emenda à Constituição que a Senadora Marta Suplicy e a Comissão Especial de Diversidade Sexual da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB estão elaborando para o nosso País.

Principais pontos:

– Acabar com a família tradicional
– Retirar os termos “pai” e “mãe” dos documentos
– Acabar com as festas tradicionais das escolas (dia dos pais, das mães) para “não constranger” os que não fazem parte da família tradicional
– A partir de14 anos, os adolescentes disporão de cirurgia de mudança de sexo custeada pelo SUS
– Cotas nos concursos públicos para homossexuais etc…

Eis o texto:

A senadora Marta Suplicy (PT-SP) elogiou a Proposta de Emenda Constitucional (PEC), elaborada pela Comissão Especial de Diversidade Sexual da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que quer ampliar privilégios a indivíduos viciados em práticas homossexuais.

O texto tem a pretensão de introduzir na Constituição todas as decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) que favoreceram a agenda gay, inclusive a garantia de união estável para duplas homossexuais, com direito à conversão em casamento e adoção de crianças.
De acordo com a agência de notícias do Senado, “a PEC tem como um de seus principais ponto a criminalização da homofobia e estabelece a pena de dois a cindo anos de reclusão para aqueles que praticarem atos de discriminação e preconceito em virtude da orientação sexual de alguém. A mesma punição se estende aos que incitarem o ódio ou pregarem [contra a] orientação sexual ou identidade de gênero”.
Com a aprovação da PEC, a própria Constituição do Brasil se transformará num PLC 122. Mas Suplicy reconhece que a tentativa de transformar a Constituição do Brasil numa constituição “anti-homofobia” certamente enfrentará resistência de “setores como o da igreja”.
A senadora acredita que, estrategicamente, será importante aprovar primeiro o PLC 122/2006, pois sua tramitação está mais avançada, tendo já sido aprovado sorrateiramente na Câmara dos Deputados e restando apenas a votação no Senado. O segundo passo, na avaliação de Marta, é apresentar a PEC, que é uma matéria mais ampla e complexa. “A PEC é bem mais difícil de aprovar. Então, vamos começar com a homofobia e avaliar o momento adequado para fazer uma PEC com essa amplitude, que é realmente o sonho que nós gostaríamos para todo o País”, explicou a senadora à agência do Senado.
O Estatuto da Diversidade Sexual conta com 109 artigos, que alteram 132 dispositivos legais. O Estatuto criminaliza a homofobia, reconhece o direito à livre orientação sexual e iguala os direitos fundamentais entre heterossexuais e LGBTs.
Eis algumas dos “avanços” que o Estatuto da Diversidade Sexual propõe:
Legitimação da PEDOFILIA e outras anormalidades sexuais:
Título III, Art. 5º § 1º – É indevida a ingerência estatal, familiar ou social para coibir alguém de viver a plenitude de suas relações afetivas e sexuais.
Sob essa lei, a família nada poderá fazer para inibir um problema sexual nos filhos. A sociedade nada poderá fazer. E autoridades governamentais que ainda restarem com um mínimo de bom senso estarão igualmente impedidas de “interferir”.
Retirar o termo PAI E MÃE dos documentos:
Título VI, Art. 32 – Nos registros de nascimento e em todos os demais documentos identificatórios, tais como carteira de identidade, título de eleitor, passaporte, carteira de habilitação, não haverá menção às expressões “pai” e “mãe”, que devem ser substituídas por “filiação”.
Essa lei visa beneficiar diretamente os ajuntamentos homossexuais desfigurados tratados como família. Para que as crianças se acostumem com “papai e papai” ou “mamãe e mamãe”, é preciso eliminar da mente delas o normal: “papai e mamãe”.
Começar aos 14 anos os preparativos para a cirurgia de mudança de sexo aos 18 anos (pode começar com hormônios sexuais para preparar o corpo):
Título VII, Art. 37 – Havendo indicação terapêutica por equipe médica e multidisciplinar de hormonoterapia e de procedimentos complementares não-cirúrgicos, a adequação à identidade de gênero poderá iniciar-se a partir dos 14 anos de idade.
Título VII, Art. 38 – As cirurgias de redesignação sexual podem ser realizadas somente a partir dos 18 anos de idade.
Cirurgias de mudança de sexo nos hospitais particulares e no SUS:
Título VII, Art. 35 – É assegurado acesso aos procedimentos médicos, cirúrgicos e psicológicos destinados à adequação do sexo morfológico à identidade de gênero.
Parágrafo único – É garantida a realização dos procedimentos de hormonoterapia e transgenitalização particular ou pelo Sistema Único de Saúde – SUS.
Uso de banheiros e vestiários de acordo com a sua opção sexual do dia:
Título VII, Art. 45 – Em todos os espaços públicos e abertos ao público é assegurado o uso das dependências e instalações correspondentes à identidade de gênero.
Não é permitido deixar de ser homossexual com ajuda de profissionais nem por vontade própria:
Título VII, Art. 53 – É proibido o oferecimento de tratamento de reversão da orientação sexual ou identidade de gênero, bem como fazer promessas de cura.
O Kit Gay será desnecessário, pois será dever do professor sempre abordar a diversidade sexual e consequentemente estimular a prática:
Título X, Art. 60 – Os profissionais da educação têm o dever de abordar as questões de gênero e sexualidade sob a ótica da diversidade sexual, visando superar toda forma de discriminação, fazendo uso de material didático e metodologias que proponham a eliminação da homofobia e do preconceito.
Contos infantis que apresentem casais heterossexuais devem ser banidos se também não apresentarem duplas homossexuais travestidas de “casais:
Título X, Art. 61 – Os estabelecimentos de ensino devem adotar materiais didáticos que não reforcem a discriminação com base na orientação sexual ou identidade de gênero.
As escolas não podem incentivar a comemoração do Dia dos Pais e das Mães:
Título X, Art. 62 – Ao programarem atividades escolares referentes a datas comemorativas, as escolas devem atentar à multiplicidade de formações familiares, de modo a evitar qualquer constrangimento dos alunos filhos de famílias homoafetivas.
Cotas nos concursos públicos para homossexuais assim como já existem para negros no RJ, MS e PR e cotas em empresas privadas com já existe para deficientes físicos:
Título XI, Art. 73 – A administração pública assegurará igualdade de oportunidades no mercado de trabalho a travestis e transexuais, transgêneros e intersexuais, atentando ao princípio da proporcionalidade.
Parágrafo único – Serão criados mecanismos de incentivo a à adoção de medidas similares nas empresas e organizações privadas.
Casos de pedofilia homossexual irão correr em segredo de justiça:
Título XIII, Art. 80 – As demandas que tenham por objeto os direitos decorrentes da orientação sexual ou identidade de gênero devem tramitar em segredo de justiça.
Censura a piadas sobre gays:
Título XIV, Art. 93 – Os meios de comunicação não podem fazer qualquer referência de caráter preconceituoso ou discriminatório em face da orientação sexual ou identidade de gênero.
O Estatuto da Diversidade Sexual é um avanço. Isso nunca havia sido pensado em relação às questões LGBT”, reconheceu Marta Suplicy, classificando-o como de importância “inquestionável”.
O Estatuto defende que o Estado é obrigado a investir dinheiro público para homossexuais que querem caros procedimentos de reprodução assistida por meio do Sistema Único de Saúde (SUS) e também o Estado é obrigado a criar delegacias especializadas para o atendimento de denúncias por preconceito sexual contra homossexuais, atendimento privado para exames durante o alistamento militar e assegura a visita íntima em presídios para homossexuais e lésbicas.

Confira

http://www.oabsergipe.com.br/novo/conteudos_ver.php?id=162

53 thoughts on “Senadora Marta Suplicy propõe o encerramento da Família Tradicional

  1. Melhor jogar a Contituicao no lixo, acabar com os valores que eh a base de toda sociedade que eh a Familia, vamos adotar a anarquia e virar uma sodoma e gamorra! Quem criou esses projetos provavelmente nunca teve Familia e se teve foi uma Familia desestruturada! E essa suplica provavelmente eh uma pessoa mal resolvida querendo aparecer a custa de minorias q ja estão protegidas pela atual constituição! Deixo aqui minha indignação perante a falta de valores desses políticos!

  2. Sabe q é uma instituição sagrada! Os incrédulos todavia, não podem negar q sem um homem (pai) e uma mulher(mãe) não é possível a vida de um novo ser humano! Logo científicamente falando PAI e MÃE, a antiquada, insignificante,despresível,etc família tradicional « os normais» atualmente demodê não vão deixar de existir! Mas, a palavra adverte: nos últmos dias até Sodoma e Gomorra se envervonhariam. Irmãos da palavra o nosso governo não é deste mundo! Não escolham para si reis deste mundo, mas confiem q Deus guardará os seus e Felipe e os demais q não respeitam pai e mãe assim como a Ilma, Exma senadora Marta Suplicy devem ser algum tipo de anomalia ou filhos de chocadeira! Não sou preconceituosa mas creio em principios q regem a natureza. Felipe não é o fato de vc ser gay q afasta vc de Deus e sim o oposto! Se um de meus amados filhos por obra do maligno se torna-se homossexual, trans ou qualquer q fosse a outra opção sexual q não o modelo Adão e Eva eu ainda assim os amaria e jamais os abandonaria, entretanto continuaria a afirmar a verdade. Quanto as escrituras muitos ouvirão mas seram como surdos e não compreemderão!

  3. Não faço parte de nenhuma denominação religiósa ou grupo social q defende essa ou àquela causa. Sou brasileira heterossexual, casada e tenho dois filhos um de 17anos e uma de 15anos que cresceram ouvindo como historias de ninar as verdades Biblicas. Ensina au teu filho o caminho que deve andar e ainda q eles se desviem…voltarão FAMÍLIA pra quem cre em Deus sa

  4. Não é necessario ficarem nervosos e se crticarem que nem o Filipe fez com a Victória, Deus jamais vai deixar isso acontecer assim como ele já não deixou uma vez.
    Filipe aprenda a respeitar as opniões dos outros tudo que a Victória disse esta apoiadissimo, acho que ser homossexual não é assunto em tese, mais sim o fato dela estar querendo acabar com a família, pois se os homossexuais querem respeito e não serem criticados pela sua opção sexual deveriam respeitar o direito da Familia Sagrada e não ficarem lutando para mudar uma coisa sagrada.

  5. A SENADORA MARTA SUPLICY FOI ELEITA PARA CRIAR E APROVAR PROJETOS NOVOS E NÃO INVENCIONISSES. É NISSO QUE CONSISTE MINHA INDIGNAÇÃO. O ELEITOR QUER QUE A SENADORA SEJA A PRIMEIRA A FAZER PRJETOS PARA ACABAR OU PELO MENOS AMENISAR A CORRUPÇÃO NO BRASIL.ESSA DEVIA SER SUA PRNCIPAL E PRIMEIRA BANDEIRA.DEVIA LUTAR POR UMA SAÚDE E EDUCAÇÃO DE PRIMEIRO MUNDO. DEVIA LUTAR POR UMA SEGURANÇA MAIS EFICAZ. INFELIZMENTE A SENADORA DECLAROU GUERRA CONTRA A FAMILIA E OS VALORES QUE SUSTENTAM QUALQUER NAÇÃO OS PRINCÍPIOS ÉTICOS DA FAMILIA INSTITUIÇÃO CRIADA POR DEUS. TENHO O DIREITO DE CRER EM DEUS E DEFENDER A FAMILIA CUSTE O QUE CUSTAR.MINHA ESPERANÇA ESTÁ EM DEUS E DEPOIS NOS HOMENS DE BEM QUE NÃO SE RENDERÃO A PENSAMENTOS PERVERSOS E DESORDENADOS FRUTOS DE CAPRICHOS HUMANOS . A FAMILIA COMO INSTITUIÇÃO DIVINA É MAIS FORTE DO QUE O PENSAMENTO DO HOMEM. NÃO ADIANTA,AS PESSOAS PASSAM E DEUS PERMANECE. QUEM LUTAR CONTRA AS COISAS QUE DEUS CRIOU JÁ ESTÁ DERROTADO.A HISTÓRIA VAI CONTINUAR REVELANDO A QUEDA DOS HOMENS E PROVANDO A SUPERIORIDADE DE DEUS . E VOU MAIS FUNDO SE VOCE SENTIR-SE INCOMODADO COM ESSAS POUCAS LINHAS , ACABE COM TUDO QUE EXISTE E COMEÇE AGORA MESMO A CRIAR COISAS A SUA MANEIRA E JEITO. ISS É TUDO PARA PROVAR QUE EU E VOCE NAO TEMOS O DIREITO DE IR DE ENCONTRO AS LEIS E O QUE DEUS CRIOU. A SENADORA DEVE PEDIR A DEUS SABEDORIA E CUMPRIR COM O SEU DEVER E MISSÃO RECONHECENDO A PEQUENEZ DO HOMEM E A GRANDEZA DE DEUS.

  6. Não vou falar nada! Não vale a pena! Tanta gente morrendo sem assistência à saúde, e agora vem a tona uma proposta como essa? SÓ PODE SER LOUCURA… Nunca fui preconceituoso mas o que é demais é demais gente. To até acreditando que o mundo vai acabar mesmo em dezembro! Joel.

  7. Pastor Temistocles, use o dom que Deus lhe deu como lider espiritual para difundir o amor e a compreensão, seguindo o exemplo de Jesus. O que o senhor faz, com textos como esse, é difundir o ódio, o preconceito, incitando as pessoas a uma interpretação errada do teor positivo que tal proposta traz à discussão
    . Ao invés disso, poderia inclusive auxiliar os parlamentares a lutar pelos direitos das minorias, sem regalias. Apenas direitos, além dos deveres já impostos.

  8. Antes de me detonarem por conta da minha opinião, gostaria de salientar alguns pontos: não sou homossexual, não gosto da Marta Suplicy e minhas opiniões são baseadas em estudos na área de psicologia e direitos humanos. Tanto o texto quanto a opinião da grande maioria neste site são baseadas em preconceitos, sem tentar enxergar a razão de tal proposta, sob a ótica da limitação de direitos imposta aos homossexuais. Não concordo com a questão de cotas aos homossexuais, do mesmo modo que não concordo com cotas para negros, pardos e indios. No entanto, é preciso saber que homossexualismo não se escolhe: ou você é hetero ou homo. Ou alguém aí se lembra de ter sido questionado sobre o que queria ser? Apenas se é porque se nasce assim (vão estudar literatura na área de saúde). Quanto a dizer que a proposta quer acabar com a familia tradicional por querer tirar dos documentos as palavras “pai” e “mãe”, trocando-as por “filiação” é no mínimo ter problema de interpretação textual. Dizer que “a maioria do povo brasileiro deve ser respeitada” e por isso não se deve aprovar a proposta seria a mesma babaquice de dizer que idosos (minoria), indios (minoria), deficientes fisicos (minoria) também não tem direitos. Mas e os deveres? Todos eles, assim como nós, pagam impostos e não são isentos por serem minorias. E quanto a citar a Bíblia pura e simplesmente para dizer que isso não pode ser aprovado, a própria Bíblia possui outras dezenas de passagens que provam que é um absurdo a mulher trabalhar fora, a mulher se pronunciar na igreja, que é possivel vender os filhos, que é possivel matar o inimigo, enfim, nada que uma busca no google não direcione para esses absurdos. Que a proposta possa ser aprovada sim, com alguns ajustes, para que gays, lésbicas e transsexuais tenham os mesmos direitos que eu e você, que está lendo minha opinião agora, também temos!

  9. Boa dia pessoal!

    Sou evangélica e sei todos os valores que são nos repassados, mas voces não estão pegando muito pesado? A gente não deve amar o próximo? Ninguém quer acabar com a família, mas existem outros tipos de família como:(já existem) e estao aí.. homoafetiva, nuclear, monoparel, reconstituida.. Isso esta aí e ninguém pode mudar.. Meu Deus vocÊs estão indo contra aos principios mais fundamentais de Deus o respeito ao próximo.. E sem dúvida esses comentários foram totalmente equivocados.. é uma ementa para acabar com a discrimição gente eles são agredidos, excluidos e massacrados.. Que tal a gente ser critão de verdade e parar de fazer o que cristo menos quer? Como vamos conseguir algum tipo de igualdade de vcs acham que tudo é abominação, voces estão criando seres que odeiam a Deus e usam a palavra de Deus para fazerem coisas horriveis, inclusive a discriminação.. Se voces querem alguma mudança ou defeder seus direito não é escrevendo isso e escandalizando a palavra de Deus… Entendo tudo que aprendemos, mas gente falar essas coisas não leva a nada e sim uma ira maior contra os evangélicos, que tipos de “santos” são esses que não amam, mas abominam o próximo… Só espero que não me entendam errado… apenas vim para falar dos dez mandamentos e boa parte deles se refere ao respeito ao proximo.. então arrumem outras estratégias ao invez de escandalizar o nome de Deus.. xingar não vai adiantar nada… que vergonha..

  10. Quando eu era menino, homossexualismo era proibido (década de 1970).
    Quando eu era jovem, era tolerado (década de 1980)
    Quando eu me tornei um adulto, começaram a discutir sobre votar leis para regular o homossexualismo (década de 1990)
    Agora, mais maduro, vou sair do país, antes que se torne obrigatório!

  11. Ela precisa deles pra se eleger!!! Que tal deixar as pessoas passarem no concurso público pela capacidade intelectual, isso não depende de opção sexual, sendo mais justo com todos, dar facilidades por cor e raça é um preconceito com os que não pertencem a essas classes!!! Quanto a família, cada um ferra a cabeça do filho do jeito que achar melhor, depois procura um psicologo….Conheço uma ótima!!!

  12. O que vemos, hoje, na política brasileira, é uma proteção às minorias. Observemos as cotas aos negros e a tentativa da criação destas leis. Historicamente, sabemos que o Brasil, no passado, era constituído por uma política totalmente oligárquica, protegendo a elite. Penso que o medo e muitos traumas durante a história fizeram com que essa situação tomasse o caminho inverso. O número de defensores dos direitos homossexuais aumenta a cada dia mais e o que era apenas a luta contra o preconceito e discriminação, tornou-se uma defesa para que os homossexuais sejam cada vez mais protegidos e tratados como uma minoria ‘coitada’.
    Filipe, falo à você agora. Sou um cristão evangélico, fiel crente na bíblia e na palavra de Deus. O que, lamentavelmente, acontece é que a ideia da população em geral sobre o cristianismo é de que a igreja odeia os homossexuais e coisa e tal. Esta ideia é completamente precipitada e lhe digo que é por causa das igrejas pentecostais sem fundamento bíblico algum! Os pastores dessas igrejas roubam sim e não deveriam manchar tanto a imagem do cristão como eles mancham! Filipe, a Bíblia explicita o seguinte: Deus ama o homossexual e condena a sua PRÁTICA! Seja bem-vindo a frequentar uma igreja evangélica, procure não frequentar as universais, mundiais dos pastores mais incrédulos que já vi!

  13. Com a modernização dos costumes, o conceito de família não só se modifica, como, nas últimas décadas e cada vez de forma mais acelerada, se amplia. Particularmente, indepedentemente da questão sexual e quantidade de membros (cada vez mais reduzida), considero que dois grupos de fatores devam ser considerados: a) existencia de respeito, compromisso e afeto e b) a dependencia, assistencia e parceria no âmbito economico. O desafio é afastar o preconceito, a hipocresia, e politização eleitoreira desta questão.

  14. Eu achei a lei proposta interessante.Combate o preconceito e a violência contra os homosexuais.
    Ja os comentários do autor do blog são preconceituosos. São bastante superficiais e coloca os homosexuais como os destruidores de famílias. Isso é burrice. Tenho a minha famíla e nanhum casal homosexual oferece perigo para ela.
    Alem disso o autor acaba alimentando o ódio racial.

  15. Existe tanta coisa acontecendo no nosso pais: FOME, DESIGUALDADE SOCIAL, FURTOS, ASSASSINATOS, DESEMPREGO, e ela quer tirar o q eh a base de tudo? A familia. Concordo plenamente com a Victoria Gabrielle, infelizmente eh esse tipo de pessoa que mts escolhem para estar no poder, e quando estao, nao fazem o q devem fazer. Isso é um absurdo!!! Mas deixa que o próprio Deus trará juizo sobre esse tipo de pessoa, que atua como o anti- Cristo!

  16. esse texto com certeza foi alguma inspiração de um fanático religioso que não sabe nem ler! duvido que ela escreveu com essas palavras, embora eu concorde com quase tudo que está escrito ali … continuo falando , IMPOSTO EM CIMA DAS IGREJAS PARA ACABAR COM ESSA MANIPULAÇÃO E PALHAÇADA DAS IGREJAS!

  17. Juliana,

    Você tem toda razão. Infelizmente esse texto foi inserido pelo autor copiado na íntegra de outro blog, que provavelmente fez a mesma coisa.

    O texto é sensacionalista e não apresenta informação, mas sim uma opinião pautada em ideologia religiosa e falta de análise critica.

  18. Um projeto desse merece repúdio total. Mas acho que pela sua repercussão na sociedade brasileira ele deveria ser submetido a um plebiscito. A senadora teria coragem para propor um plebiscito em que fossem formuladas tais questoes (inter.)

  19. texto extremamente sensacionalista, os comentários do autor não condizem com os artigos citados. O autor diz: “Não é permitido deixar de ser homossexual com ajuda de profissionais nem por vontade própria” quando o artigo diz simplesmente que profissionais não devem tentar fazer o indivíduo optar por uma opção sexual diferente, já que cada tem o livre arbítrio. É uma pena ver a que ponto o jornalismo brasileiro chegou, onde está o compromisso com a verdade?

  20. Desculpe – me os senhores, com tanta eloquencia e conteúdo, talvez eu esteja incluido na maioría das pessoas que o FELIPE comentou, mas pelo que entendí, de acordo com o texto, eu estarei proibido de ser uma pessoa normal, como sempre fui, porque isso agora pode ser crime, o normal é ser diferente?
    ou o diferente é ser normal?
    tenho um filho de 4 anos de idade e nenhuma lei ou nenhuma marta vai me fazer dizer a meu filho que é normal ser diferente,

  21. Meu Deus cada vez que eu volto aqui pra ler os comentários fico mais impressionado.

    Senhor Pr. Temistocles o senhor vê a importância de se publicar uma informação? Por favor tome mais cuidado, a maioria das pessoas não possui o menor poder de análise e raciocínio.

    Tive uma idéia, vamos começar a tratar os evangélicos da forma como eles tratam os homossexuais? Quem sabe assim eles conseguem enchergar que se trata de uma luta contra a discriminação e não contra a família.

  22. Bom, nao sou fanático religioso nem nada do tipo, mas discordo da critica as meninas feito pelo Filipe, cada um tem o direito de se expressar da forma que quiser e cá entre nós, essa Marta é no minimo RETARDADA, quem ela pensa que é pra acabar com umas das poucas coisas que restam em nossa sociedade desde de MUITO TEMPO atrás, conceito de família é bem antigo e não vai ser uma política mal amada que vai mudar isso, e quanto essa parada de liberdade de expressão e os gays falam e fazem oque quiser, no meu ponto de visto esta MUITO errado, porra, você passa na rua e vê dois muleques quase se comendo, coisa ridícula, ja é errado quando é um casal normal, sim normal, porque homossexualismo foge da normalidade e quero que se foda quem nao concorda, mas enfim, a consciência de cada um que devia impor limites, se você quer dar seu toba, legal dê, mas nao saia mostrando para todos, ninguém quer saber 😉

  23. Os eleitores são simples demais. Acreditar nesses politicos em geral, que falam e prometem, coisas sem nenhum benefício para a população. Coisas inúteis! A época das eleições nós temos que ouvir essas barbaridades….que país é esse….
    A senadora Marta já não tem uma família a muito tempo! O que ela deseja para a maioria dos eleitores é a mesma infelicidade que ela colheu.
    Cadê a dedicação dela nos hospitais e escolas???
    ACORDA ELEITORES!!!!!!

  24. Me recuso acreditar que esta proposta de lei é verdadeira, não acredito também que uma pessoa inteligente e experiente na política como a Senadora Marta Suplicy tenha dito o que aqui foi escrito, pra mim isto é “arrumação” de inimigos políticos dela.
    É simplesmente absurdo o que está escrito nesta proposta de lei.
    Deus é maior e não vai permitir que isso vá adiante.

    Rubens

  25. Drª Marta. Vi o seu plano de governo e quero dar aqui uma opinião isenta de emoções ou revanchismos. Quando você fala que quer acabar com a família tradicional tenho condições o suficiente para dizer que nessa linha você não tem razão. Você deverá incorporar novas modalidades familiares, tais como homoafetivas, poliafetivas, multiafetivas, mas acabar com a figura de um pai e uma mãe que se casaram no Civil isto você não vai conseguir. Então um alerta. Incorpore antes de querer acabar.
    Quanto ao resto da sua proposta, de retirar dos documentos a palavra pai e mãe, retirar datas festivas, tudo isso é um engodo. Quanto a você falar que um menor vai ter a condição de efetuar uma operação cirúrgica de altíssimo risco, e tudo isso Eu Clóvis é quem vai pagar, nessa posso pegar pesado. Uma a Lei ou melhor dizendo o Estatuto da Criança e do Adolescente te proibiria isso, segundo que se o menor tem capacidade para escolher o sexo, porque não então para pagar por um crime cometido? A terceira e maior barbaridade, é que com meu dinheiro Nâo. Infelizmente ou felizmente, meu dinheiro dou para o governo que me consome com mais de 95 dias de trabalho para pagamento de impostos, mas 25 dias para pagamentos de Tributos e mais 15 dias para pagamentos de Taxas uma delas das quais você foi a causadora. Lembra-se da Taxa do Lixo. Então, eu não me esqueci.
    Então não preciso dizer o que deves fazer com seu programa eleitoreiro. Assina Clóvis Cortez de Almeida

  26. Concordo com o meu amigoa bruno, essa senhora não tem mais espaço para ganhara mais nada na política e se enganjou para essa classe de desfigurantes da família, tornando ela uma parasita da nação… entrando para esse currau de vermes infames que nada faz de saudavel para as classes sociais que estão surgindo ha não ser denegrir a familia. Eleitores de SP. você que é Católico, evangélico, espíritas, você que acredita na família, não vote mais nessa senhora, e aí ela só tem a perder suas forças, porque o mal se poda pela raiz, o seu voto se torna a quimioterapia para todo o Brasil.

  27. AAAAAAA taaa entendi, ela quer coibir um racismo com outro racismo, que enaltecer um grupo em detrimento do outro, se ela prega tanto o liberalismo, como ela pode impor uma cultura sobre outra, eu não tenho nada conta homossexuais só que não sou obrigado a aceitar todo mundo, o ESTADO não pode impor uma forma de pensamento por meio de Lei que favoreça um grupo em detrimento de outro. Agora querem dizer que uma criança vai se sentir ofendida por seus pais não corresponderem ao do seu colega de classe, e depois, o que acontece com o garoto que tem família ? vai falar que não tem pai e mãe mas sim pessoas filiadas a ela ??? Esta PEC é mais racista do que a que ela tenta lutar contra.

  28. Sinceramente, não existe palavras sobre esses absurdos propostos por essa pessoa que, desesperada por não ter mais lugar na política pelo simples fato de ser desacreditada e praticamente ridicularizada por tudo que fez (ou não fez) quando teve um cargo público, e agora procura um curral eleitoral abraçando essa causa não por acreditar nesses absurdos mas sim por saber que existe um numero enorme de partidários a causa, o que lhe dará uma sobrevida na sua carreira política falida.
    Espero tenhamos o mínimo de ética e coerência política para que nada disso vá pra frente.
    Disso tudo fica a terrível constatação de até onde um ser humano pode chegar, passando por cima do valor mais básico de um cidadão : A FAMÍLIA, para atingir seus objetivos que é de continuar sendo esse parasita da nação que essa senhora é…
    CHEGAMOS AO PONTO ONDE TUDO TEM PREÇO E NADA TEM VALOR!!!

  29. Ainda vai demorar um pouco para isso ser proibido, os movimentos lgbt precisam antes disso ocupar toda a justiça para então proibir casamentos monogâmicos e heterossexuais porém isso irá ocorrer sem sombra de dúvida!

  30. Se for assim vou me tornar homossexual para ter direito a cotas, ridículo. Não tenho preconceito, mto pelo contrário, já frequentei a parada gay em São Paulo drante 6 anos, sempre estive a favor da igualdade, mas não sou a favor dessa “classificação” só por serem homossexuais, opção sexual é algo íntimo e pessoal de cada um, quando isso vai mudar no nosso país tsc tsc

  31. Como tem gente preconceituosa nesse Brasil! Vergonha alheia!!!Cada um tem o direito de propor, falar e se expressar como acha melhor….Se essa é a proposta: Maravilha! Cada um tem o direito de ser feliz como quer! “A felicidade é um problema individual. Aqui, nenhum conselho é válido.
    Cada um deve procurar, por si, tornar-se feliz.”
    (Freud)

  32. Que reportagem contraditória e tendenciosa, cadê o comprometimento do jornalismo com a verdade? A reportagem é contraditória e tendenciosa, primeiro diz que “A partir de14 anos, os adolescentes disporão de cirurgia de mudança de sexo custeada pelo SUS” e depois “Título VII, Art. 38 – As cirurgias de redesignação sexual podem ser realizadas somente a partir dos 18 anos de idade.” JORNALISMO PRECÁRIO.

  33. NÃO SE PODE DIZER QUE ISSO É IGUALDADE DE DIREITOS, NÃO SE PODE NEM PENSAR QUE ISSO IRÁ ACABAR COM O PRECONCEITO, O QUE IRÁ ACONTECER SERÁ UMA FORMAÇÃO DE DUAS CLASSES, DE DUAS SOCIEDADES, UMA PURA E VERDADEIRAMENTE OBEDIENTE AOS CONCEITOS BIBICOS, E A OUTRA TOTALMENTE, CEGA! NÃO PODENDO VER A QUE PONTO CHEGARAM! NEGANDO O NOME DE DEUS! ISSO NÃO PODE SER ACEITO, NEM MUITO MENOS VOTADO SOMENTE POR NOSSOS REPRESENTANTES QUE INFELIZMENTE A GRANDE MAIORIA É CORRUPTA! ESSE PROJETO TEM QUE SER VOTADO PELO POVO BRASILEIRO PELOS CRISTÃOS! (CATÓLICOS E PROTESTANTES), E COM TODA CERTEZA IRA SER REVOGADO, E ANULADO ESSA POSSIBILIDADE DE CRIAÇÃO OU MELHOR DIZENDO DESTRUIÇÃO DO QUE DEUS CONSTRUIU E ESTABELECEU DE FAMÍLIA, TODOS OS PROJETOS DESSA MULHER, INFELIZMENTE UM DE NOSSOS REPRESENTANTES, É SEM DUVIDA NENHUMA PROJETOS SATÂNICOS, TOTALMENTE CONTRA A REALIDADE BÍBLICA! O DIABO DESDE O PRINCIPIO QUER DESTRUIR OS PROJETOS DE DEUS! O DIABO VEIO PARA MATAR ROUBAR E DESTRUIR (O HOMEM, A MULHER, AS CRIANÇAS, A FAMÍLIA)! PENSEM NISSO E NÃO DEIXEM QUE ESSES PROJETOS SE TORNEM UMA REALIDADE DO NOSSO PAÍS! AMÉM!

  34. POR FAVOR ARRUME UM HOSPÍCIO PARA COLOCAR ESTA LOUCA. ESTA MULHER É TOTALMENTE DESMIOLADA. NÃO CONSIGO ENTENDER COMO UMA ENDEMONIADA AINDA CIRCULA LIVRE POR AÍ. FALA SÉRIO! ELA NECESSITA URGENTEMENTE DE UM EXOCISTA.

  35. GENTE. COMO É QUE TEM ALGUEM QUE ‘CONSEGUE’ DAR UM VOTO A ESSE ABORTO DA NATUREZA, QUE É ESSA MARTA. POR FAVOR, COMO PODE ELA DEFENDER E PROPOR ALGO DESSA NATUREZA, PARA UM GRUPO DE PESSOAS, NO MINIMO COM PROBLEMAS EXISTENCIAIS? E O RESPEITO À MAIORIA ESMAGADORA DO POVO BRASILEIRO, QUE É CATÓLICO OU PROTESTANTE?

  36. Acho isso ridículo! Se querem fazer leis para que o homossexual seja respeitado como pessoa, cidadão tudo bem! Eu estou totalmente a favor… Mas agora formularem leis que desvalorizam a família é uma falta de respeito tremenda! A família é a base do ser humano, onde ele aprende valores que levará para sua vida inteira e os pais não terão o direito de serem respeitados, de serem amados? Não concordo com essa emenda e farei tudo o que tiver ao meu alcance para que ela não seja aprovada… E se continuarem com essa ideia, a Marta Suplicy perderá forças para as próximas eleições.
    Enquanto perdem tempo fazendo essas emendas ridículas, deveriam fazer emendas afim de diminuir a desigualdade social, a pobreza nas favelas, entre tantas outras coisas que beneficiem o ser humano e sua integridade física…

  37. Que perda de tempo esses comentários indignados ou de caloroso apoio! Quem é que não vê que esse texto absurdo é uma brincadeira de mau gosto e mau intencionado? A Marta deve estar arrancando os cabelos de raiva de quem aprontou essa. HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!!!!!

  38. Parabéns a Marta Suplici por defender uma causa tão importante. Vendo os comentários anteriores, acho que as pessoas de igreja são homossexuais enrustidos e querem matar o/a gay que existe dentro dele(a) próprio.
    Vou divulgar este site para que esta notícia seja propagada e implementada o quanto antes!!!!

  39. cada pessoa tem o direito de semear a semente que quiser,mas quando essa semeadura fere os principios estabelecidos por Deus, ela se torna uma semente que gera morte, é quem semeia vento, colherá tempestade, e isso é inevitavél, toda semeadura gera uma colheita, ou boa ou ruim é uma escolha.

  40. Senadora Marta Suplicy, a senhora deveria defender os interesses do povo e não das potencias internacionais. Procure saber quem é a favor dessa Abominação e verá que a grande maioria do povo brasileiro é contra.

  41. Eu acho que esses planos para glorificar os homossexuais e exalta-los no trono como se fossem deus é uma vergonha. Claro que há por trás disso um plano maligno para acabar com a família conforme foi ordenada por Deus, e um plano para dominar o Brasil, pois a força de um país está em famílias fortes. É lamentável ver os governantes fazendo isso, na verdade esses governantes deveriam estar fazendo o contrário, fortalecendo as famílias. esse plano só pode ter vindo do próprio satanas, ele quer destruir a família porque ele mesmo não tem familia e nunca vai ter, será para sempre miserável.
    O problema é que a maior parte dos brasileiros não fica sabendo disso, e também nem tem noção do que é certo ou errado. Os brasileiros acreditam demais no que é mostrado na televisão e tem ela como se fosse um deus e a verdade absoluta. É necessário abrir os olhos dos brasileiros para essa abominação que a senadora Marta Suplicy e o Governo querem IMPOR à população.

  42. Proponho que ninguem, absolutamente NINGUEM vote nesta ”senhora”. Convoco a todos que repudiaram esta ”proposta” a nunca mais votarem na Marta.

  43. MEU DEUS ESSA MULHER ESTA DOIDA.ONDE ESTÃO OS VALORES, FAMÍLIA É CONSTITUIDA DE HOMEM, MULHER, MACHO E FEMEA, COMO PODE UMA MULHER DESSA QUERER ACABAR COM A FAMÍLIA.PALHAÇADA PORQUE ESSA PESSOA NÃO PREOCUPA COM A SAUDE. POLITICA POVO BRASILEIRO VAMOS APRENDER A VOTAR.

  44. SODOMA E GOMORRA FORAM CIDADES DESTRUÍDAS POR CAUSA DA HOMOSSEXUALIDADE DE SEUS MORADORES. DEUS ABOMINA, EU NÃO ESTOU INTERESSADA EM QUEM ACREDITA OU DEIXA DE ACREDITAR, O LUGAR PARA QUEM TEM ESSA PRATICA É O LAGO QUE ARDE EM FOGO E ENXOFRE, ONDE O FOGO NÃO CESSA E O BICHO NÃO MORRE.E QUANDO ESTIVEREM LÁ, O MAIS TRISTE É DE QUE TERÃO A CONSCIÊNCIA PLENA DE O PORQUE ESTÃO LA.VOCÊ TEM A LIBERDADE E O LIVRE ARBÍTRIO DE FAZER O QUE QUISER EM VIDA, MAS PRECISA SABER QUE SEUS ATOS TERÃO CONSEQUÊNCIAS ETERNAS.

  45. Comentário Sobre o Post

    Ainda bem que temos a Marta Suplicy dando atenção a uma questão importante. E como é de costume dessa Senadora, com uma grande preocupação com as pessoas que efetivamente são as prejudicadas.

    Ela se preocupou com o bem-estar e com a educação das pessoas, e na gestão dela foram criados 21 Centros de Educação Unificados (CEUs), que trouxeram além de educação para as crianças necessitadas, todo um ambiente e estrutura melhor para a região.

    Basta lembrar que em alguns lugares onde foram construídos os CEUS, não havia asfalto e iluminação pública, e o CEU trouxe esses benefícios, entre outros, para essas regiões.

    A administração da Marta lutou contra a máfia dos transportes, e criou o Bilhete Único, legalizou Vans e Ônibus que operavam em pura clandestinidade causando transtornos e riscos para milhares de cidadãos.

    Parabéns Marta.

    Comentário sobre o comentário.

    Victoria, se você entende que tem o direito de expressar sua opinião, porque você sugere que os outros guardem seus argumentos?

    Seu comentário está carregado de falta de conhecimento, preconceito e falta bom senso, e alguns problemas de lógica também.

    “Fala sério gente, tanta coisa pra se preocupar na política, e ela quer criar leis fúteis para os homossexuais”

    Em primeiro lugar, ela não está criando uma lei, ela apenas elogiou a proposta.

    Em segundo lugar, não estão sendo criadas leis para homossexuais. Procure estudar a PLC-122 antes de estabelecer uma declaração como essa, com base em blogueiros que copiam textos uns dos outros.

    “Eu, pessoalmente, não tô nem aí para os homossexuais, mas se perguntar minha opinião, digo mesmo: ACHO ERRADO”.

    Você não está nem aí, ou você acha errado? Tem um erro de lógica nessa observação.

    “NÃO SOU OBRIGADA A ACEITAR NADA!”

    Você é obrigada a aceitar tantas coisas, e não se incomoda com isso. Existem inúmeras leis muito mais absurdas sendo votadas, e existe um outro número ainda maior de leis já votadas, que você segue sem o menor questionamento, e é obrigada a aceitar.

    Entretanto, se alguém quiser criar uma lei que te impede de agir de forma preconceituosa contra alguém que decidiu adotar uma preferência sexual diferente da sua, você diz que não é obrigada a aceitar nada.

    “Depois querem chamar os cristãos de hipócritas… Eu acho que independente do seu caráter religioso, essas “leis” devem passar pelo olhar crítico da sociedade”

    Caráter religioso? Por favor, me indique qual foi o texto de qual lei que você leu, que fez você concluir que a lei possui caráter religioso.

    Essas são as minhas opiniões a respeito, e por favor, conteste.

  46. Fala sério gente, tanta coisa pra se preocupar na política, e ela quer criar leis fúteis para os homossexuais? O “melhor” foi a sugestão de criar cotas para homossexuais nos concursos públicos, pelo amor de Deus. Eu, pessoalmente, não tô nem aí para os homossexuais, mas se perguntar minha opinião, digo mesmo: ACHO ERRADO; e acho que assim como eles querem tanto a liberdade para fazerem o que quiser, eu também devo ter liberdade de pensar e dizer o que bem entender. NÃO SOU OBRIGADA A ACEITAR NADA! E isso não me torna hipócrita, ignorante, “mente fechada” ou homofóbica, como os GLSs adoram dizer, isso se chama LIBERDADE DE EXPRESSÃO, coisa que a lei garante por direito a todo ser humano. Como disse, não ligo para a vida dos homossexuais, portanto que não me prive de viver e praticar aquilo que acredito ser certo. É como diz aquela frase “A minha liberdade termina onde começa a dos outros.” Assim como eles querem a liberdade deles, também prezo e quero a minha, minha liberdade de poder me manisfestar contra tudo o que não aceito, no caso, manifestar aqui, meu total desgosto à essas leis, desnecessárias e fúteis. Pelo que li no texto existem absurdos, não direitos. O que estão querendo não são somente direitos iguais, mas proteção também. Hoje em dia não se pode dizer algo que seja de sua opinião pois você estará sendo preconceituoso, mas podem ir contra a sua por se sentirem “fragilizados” ou por lutarem a vida toda por seus direitos. Então ser diferente requer leis para isso? Sendo assim alguém quem tem tatuagem, piercing, alargadores, deve exigir esses “benefícios” também, pois são discriminados por tê-los, já que sexualidade é questão de escolha, modificação corporal também. Onde estão os direitos iguais? Por um lado tem a lei ai dizendo que vai tirar “pai e mãe” dos documentos, para as crianças com pais homossexuais não se sentirem “diferentes”, e por outro querem criar cotas para homossexuais nos concursos públicos. Tá, me diz onde isso vai criar todo esse sentimento de “igualdade perante a sociedade”, que eles tanto exigem? Depois querem chamar os cristãos de hipócritas… Eu acho que independente do seu caráter religioso, essas “leis” devem passar pelo olhar crítico da sociedade, que deveria enxergar que o que eles estão querendo vai além do direito de igualdade. Lembrando: essa é MINHA opinião à respeito, então guarde seus argumentos repletos de convicções pra você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *